Faça parte do canal da Metropole no WhatsApp >>

Sexta-feira, 12 de julho de 2024

Home

/

Notícias

/

Bahia

/

Chinesa BYD lança oficialmente implantação de fábricas na Bahia

Bahia

Chinesa BYD lança oficialmente implantação de fábricas na Bahia

Carros elétricos na Bahia, de até R$ 300 mil, contarão com a isenção do IPVA; empresa também vai instalar um centro de pesquisa no estado

Chinesa BYD lança oficialmente implantação de fábricas na Bahia

Foto: GOVBA/Divulgação

Por: Metro1 no dia 09 de outubro de 2023 às 12:51

Atualizado: no dia 09 de outubro de 2023 às 14:42

A montadora chinesa de carros elétricos e híbridos, Build Your Dreams (BYD), lançou oficialmente a instalação das fábricas em solos baianos. A fábrica vai funcionar no mesmo complexo que antes operava a empresa americana Ford. 

O evento foi realizado na manhã desta segunda-feira (9) e contou com a presença do governador Jerônimo Rodrigues (PT), do vice-presidente, Geraldo Alckmin (PSB), do ministro da Casa Civil, Rui Costa (PT), e do CEO Global da BYD, Wang Chuanfu, e da CEO BYD Américas, Stella Li.

"Hoje é um dia muito especial e a BYD chega à Bahia e ao Brasil em um bom momento. O desemprego é o menor da última década, 7,%, a inflação uma das menores do mundo 4%, e o Brasil é o segundo receptor de investimentos estrangeiros diretos do mundo”, disse o vice-presidente no seu discurso.

No estado, serão produzidos pela empresa, chassis de ônibus, caminhões elétricos, veículos de passeio elétricos e híbridos, além de processar lítio e ferro fosfato. A BYD vai investir R$ 3 bilhões e anunciou ainda a instalação de um centro de pesquisa e desenvolvimento no complexo baiano.

Horas antes do lançamento oficial, o governador disse à Rádio Metropole que os postos de combustíveis da Bahia contarão com pontos de recarga para os carros elétricos. Os veículos elétricos terão isenção de Imposto sobre a propriedade de veículos automotores (IPVA) para carros emplacados no Estado com valor de até R$ 300 mil. A isenção consta de um projeto de lei que o governo da Bahia vai apresentar na Assembleia Legislativa.

Ainda segundo o governo, mais de cinco mil empregos diretos serão gerados pela BYD. Como contrapartida à instalação das fábricas, o governo da Bahia vai conceder incentivos fiscais à empresa até 31 de dezembro de 2032, conforme com a legislação tributária estadual.