Faça parte do canal da Metropole no WhatsApp >>

Sexta-feira, 12 de abril de 2024

Bahia

Quarto suspeito de envolvimento na morte de Sara Mariano se apresenta à polícia e confessa crime

Segundo Victor Gabriel de Oliveira, marido da vítima pagou R$ 2 mil para a execução do crime

Quarto suspeito de envolvimento na morte de Sara Mariano se apresenta à polícia e confessa crime

Foto: Reprodução/Redes sociais

Por: Metro1 no dia 17 de novembro de 2023 às 12:13

O quarto suspeito de envolvimento no assassinato da cantora gospel Sara Mariano confessou o crime à Polícia Civil nesta quinta-feira (16). Identificado como Victor Gabriel de Oliveira, o homem de 24 anos detalhou a ação durante depoimento cedido na Delegacia de Dias d'Ávila, que investiga o caso.

De acordo com o advogado de defesa Marco Pavã, Weslen Pablo Correia de Jesus, conhecido como Bispo Zadoque, o motorista por aplicativo Gideão Duarte e Victor receberam R$ 2 mil para matar a vítima, sob ordem do marido dela, Ederlan Santos Mariano. A informação ainda não foi confirmada pela Polícia Civil.

Conforme o depoimento de Victor, Gideão levou Sara Mariano até o local combinado para o crime. Lá, Victor teria segurado a cantora enquanto Bispo Zadoque a esfaqueou. 

Quando foi encontrada morta, parte do corpo da cantora gospel estava carbonizado, às margens da BA-093, no trecho de Dias D'Ávila, porém, não foi detalhado quem incendiou o corpo dela.

Na última terça-feira (15), a Polícia Civil divulgou que o bispo e o motorista tiveram participação na "logística e execução do crime, além de incendiar o corpo, na tentativa de omitir provas".