Faça parte do canal da Metropole no WhatsApp >>

Quarta-feira, 17 de abril de 2024

Bahia

Policiais são investigados por vender fuzis em grupo de WhatsApp na Bahia

Operação conjunta da SSP-BA e MP-BA cumpriu nove mandados de busca e apreensão nesta segunda-feira (26)

Policiais são investigados por vender fuzis em grupo de WhatsApp na Bahia

Foto: Divulgação

Por: Metro1 no dia 26 de fevereiro de 2024 às 09:13

Atualizado: no dia 26 de fevereiro de 2024 às 09:19

Nove mandados de busca e apreensão foram cumpridos na manhã desta segunda-feira (26) em uma operação conjunta da  Secretaria da Segurança Pública (SSP-BA)  e o Ministério Publico da Bahia (MP-BA). Três policiais militares e um penal, além de um outro comparsa, que não é policial,são investigados pelo crime de tráfico de armas de fogo.

As investigações apontam que no final de janeiro os policiais apreenderam quatro fuzis que estavam na posse de membros de uma organização criminosa que atuava no bairro de Cajazeiras, em Salvador. Eles teriam anunciado a venda do armamento em um grupo de  Whatsapp com policiais militares.

Na Operação Mosquete atuaram equipes da Força Correcional Especial Integrada (Force) da Corregedoria Geral da SSP, da Corregedoria da PM e do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do MP cumpriram as ordens judiciais nos bairros de Cajazeiras, Fazenda Coutos, Caminho de Areia, Garcia, Cidade Nova e Tancredo Neves.