Faça parte do canal da Metropole no WhatsApp >>

Quarta-feira, 29 de maio de 2024

Home

/

Notícias

/

Bahia

/

Diretora-geral do IPAC, Luciana Mandelli é exonerada do cargo

Bahia

Diretora-geral do IPAC, Luciana Mandelli é exonerada do cargo

A decisão foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) nesta quarta-feira (17)

Diretora-geral do IPAC, Luciana Mandelli é exonerada do cargo

Foto: Reprodução/X

Por: Metro1 no dia 17 de abril de 2024 às 10:56

Atualizado: no dia 17 de abril de 2024 às 12:00

A vice-presidente do PT na Bahia, Luciana Mandelli, foi exonerada do cargo de Diretora-Geral do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (IPAC), subordinado à Secretaria de Cultura.

A decisão foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) nesta quarta-feira (17). De acordo com a deliberação, Mandelli será substituída pelo atual Chefe de Gabinete da Secretaria de Cultura (Secult), Marcelo Ferreira Lemos Filho.

Segundo fontes ouvidas pelo Metro1, Mandelli ficou sabendo da sua exoneração através do Diário Oficial, e a motivação para sua saída teria sido os embates constantes com o Secretário de Cultura da Bahia, Bruno Monteiro. Nos bastidores, a ala política da gestão avaliou não ser possível continuar com os dois no mesmo local, já que o IPAC é um órgão subordinado à Secult.

Mandelli assumiu a posição no final de janeiro de 2023, após Jerônimo Rodrigues (PT) assumir o cargo de governador. Durante a gestão, foi inaugurado o Museu de Arte Contemporânea da Bahia. "O Diário Oficial desta quarta-feira (17) trouxe a publicação da substituição na diretoria do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (IPAC) que, nos últimos 14 meses, contou com a liderança da historiadora Luciana Mandelli", diz a nota da Secult.

"O Secretário de Cultura da Bahia, Bruno Monteiro, agradece a Luciana por, durante esse período, ter se dedicado tanto e contribuído com as políticas culturais de nosso estado. Sobretudo, a política de museus e salvaguarda de patrimônio. Em sua gestão, celebramos a criação do Museu de Arte Contemporânea da Bahia e muitos avanços. Com a mudança, o chefe de gabinete da SecultBa e também historiador, Marcelo Lemos, assume o IPAC interinamente.  O Secretário deseja muito sucesso a ambos e tem certeza que seguirão todos trabalhando muito pela #CulturaEmTodaBahia".