Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Bahia

Professores da Ufba decidem manter greve que já dura um mês

Em greve há um mês, os professores da Universidade Federal da Bahia (UFBA) rejeitaram a proposta de reajuste feita pelo governo e decidiram manter a paralisação, durante assembleia realizada na tarde desta segunda-feira (29). [Leia mais...]

[Professores da Ufba decidem manter greve que já dura um mês]
Foto : Divulgação/Assufba

Por Juliana Almirante no dia 30 de Junho de 2015 ⋅ 07:03

Em greve há um mês, os professores da Universidade Federal da Bahia (Ufba) rejeitaram a proposta de reajuste feita pelo governo e decidiram manter a paralisação, durante assembleia realizada na tarde desta segunda-feira (29). Os cerca de 140 docentes participaram do encontro, na Faculdade de Arquitetura, aprovaram a continuidade do movimento.

Na quinta-feira (25), o governo apresentou uma proposta de reajuste de 21,3% dividido em quatro parcelas. A primeira delas, de 5,5%, para 1° de janeiro de 2016; a segunda, de 5%, para 1° de janeiro de 2017; a terceira, de 4, 75%, para 1° de janeiro de 2018 e a quarta, de 4,5%, para 1° de janeiro de 2019.

 

Notícias relacionadas