Bahia

Operação investiga grilagem de terra em Salvador e mais três cidades

Nomeada de Oeste Legal, ação tem o objetivo de cumprir mais de 30 mandados de prisão, conduções coercitivas e busca, além de apreensão de documentos em Salvador e mais três cidades: Barreiras, Santa Rita de Cássia e Formosa do Rio Preto. O Tribunal de Justiça da Bahia, que participa da ação, afirma que os envolvidos aplicaram golpes estimados em R$ 30 bilhões. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Reprodução / TV Record Bahia

Por Camila Tíssia no dia 25 de Agosto de 2016 ⋅ 11:20

Uma operação para combater o crime de grilagem de terra no oeste da Bahia foi deflagrada pela Polícia Civil, nesta quinta-feira (25). Nomeada de Oeste Legal, ação tem o objetivo de cumprir mais de 30 mandados de prisão, conduções coercitivas e busca, além de apreensão de documentos em Salvador e mais três cidades: Barreiras, Santa Rita de Cássia e Formosa do Rio Preto.

Ao Metro1, a assessoria de comunicação da Polícia Civil confirmou que a investigação está em andamento e o diretor do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (DRACO), delegado Jorge Figueiredo coordena a ação em um desses municípios, no interior do estado. De acordo com a TV Record Bahia, um homem foi preso no bairro da Barra, na capital baiana, mas isso ainda não foi confirmado. Ainda segundo a polícia, uma coletiva de imprensa vai acontecer no final da operação para divulgar as informações completas.

O Tribunal de Justiça da Bahia, que também participa da ação, afirma que os envolvidos aplicaram golpes estimados em R$ 30 bilhões. Também são cumpridos mandados em Mato Grosso e no Paraná. Os acusados fraudavam documentos, transferindo terras para os nomes de pessoas e empresas ligadas a eles. O grupo também fazia operações bancárias dando as terras como garantia.

Notícias relacionadas

[Sapeaçu recebe duas novas viaturas policiais ]
Bahia

Sapeaçu recebe duas novas viaturas policiais

Por Metro1 no dia 22 de Agosto de 2019 ⋅ 21:24 em Bahia

Os novos veículos, entregues pela Secretaria de Segurança Pública, são do modelo S10 e vão atender a 27ª Companhia Independente da Polícia Militar