Bahia

Palestra e homenagem a 50 cronistas desportivos marcam Dia do Jornalista na Bahia

Jornalistas, comunicadores, empresários do setor e estudantes se reuniram no auditório da Associação Bahiana da Imprensa (ABI- Bahia), no Centro Histórico de Salvador, nesta sexta-feira (7), em comemoração ao Dia do Jornalista. Durante a manhã, os profissionais de imprensa foram homenageados durante uma reflexão sobre o papel da profissão. [Leia mais...]

[Palestra e homenagem a 50 cronistas desportivos marcam Dia do Jornalista na Bahia]
Foto : Carol Garcia/GOVBA

Por Matheus Simoni no dia 07 de Abril de 2017 ⋅ 14:24

Jornalistas, comunicadores, empresários do setor e estudantes se reuniram no auditório da Associação Bahiana da Imprensa (ABI- Bahia), no Centro Histórico de Salvador, nesta sexta-feira (7), em comemoração ao Dia do Jornalista. Durante a manhã, os profissionais de imprensa foram homenageados durante uma reflexão sobre o papel da profissão. No evento, 50 cronistas foram premiados pela atuação no jornalismo esportivo baiano. Já o presidente da Associação Brasileira de Jornalismo (ABI), Domingo Meirelles, apresentou palestra sobre \'as relações entre a mídia e o poder\' e \'a censura sobre a imprensa e o poder judiciário\'.

Para Meirelles, vir a Salvador falar com esse público é motivo de comemoração, mas também um convite à reflexão. “Muitas pessoas me perguntaram se há motivos para festejar esse dia, mas eu acredito que enquanto houver vida nas redações, há razões para celebração. Essa é uma das profissões mais fascinantes que existem, porque permite que o profissional trate de diferentes assuntos e conheça diferentes pessoas. Sem falar da função social do jornalista, sendo o elo de comunicação entre o conhecimento, a informação e a sociedade, o cidadão comum”, afirmou o jornalista.

A ação foi realizada pela Central da Comunicação Serviços Ltda e Laboratório da Notícia e teve o apoio das secretarias estaduais de Comunicação Social (Secom) e de Turismo (Setur) e instituições como o Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado da Bahia (Sinjorba), Associação dos Repórteres Fotográficos e Cinematográficos do Estado da Bahia (Asforc), Sindicato dos Trabalhadores Radialistas e Publicitários (Sinterp), Associação de Cronistas Desportivos da Bahia (ABCD) e W4 Propaganda.

\'Precisamos fazer uma reflexão sobre o jornalista no mundo contemporâneo, sobretudo o compromisso com a boa informação. Temos trabalhado nessa direção. Não só do estreitamento, mas também de aprimorar a relação dos profissionais da comunicação com o Estado e com a sociedade, dando ferramentas para que essa qualificação possa ser cada vez melhor”, comentou o coordenador de rádio da Secom, Edmundo Filho.

Notícias relacionadas