Bahia

Travesti é morta a tiros na cidade de Feira de Santana; polícia descarta homofobia

A travesti Gaby, 29 anos, foi assassinada a tiros no município de Feira de Santana. O crime aconteceu na última sexta-feira (14), quando ela foi atingida no ombro e na cabeça por um homem a bordo de uma motocicleta. A vítima morreu no local. [Leia mais...]

[Travesti é morta a tiros na cidade de Feira de Santana; polícia descarta homofobia]
Foto : Agência Brasil

Por Yasmin Garrido no dia 15 de Abril de 2017 ⋅ 08:03

A travesti Gaby, 29 anos, foi assassinada a tiros no município de Feira de Santana. O crime aconteceu na última sexta-feira (14), quando ela foi atingida no ombro e na cabeça por um homem a bordo de uma motocicleta. A vítima morreu no local.

De acordo com a polícia, os investigadores descartaram a hipótese de homofobia. “A nossa linha de investigação é vingança. A travesti baleou uma pessoa que ficou paraplégica e, desde então, ela vinha sendo ameaçada”, declarou o delegado João Uzzum, coordenador da 1ª Coorpin de Feira de Santana. 

Ainda segundo o delegado, o crime foi flagrado por câmeras de segurança espalhadas pela rua, o que vai facilitar a identificação do suspeito.

Nas redes sociais, amigos lamentaram a morte de Gaby. “Meu respeito à travesti Gaby que na noite de ontem teve sua vida violentamente interrompida a tiros, e, após ser morta, continua sendo violentada, tendo imagens do seu corpo sem vida exposto em praça pública e seu nome civil divulgado como prêmio em veículos de comunicação”, escreveu Chico Assis, gestor do Espaço Cultural da Barroquinha.

Notícias relacionadas