Bahia

Museu de Jequié homenageia o poeta Waly Salomão

O Museu Histórico de Jequié, a 365 km de Salvador, irá homenagear durante todo o mês de setembro, o poeta e letrista de músicas Waly Salomão, com exposição aberta e gratuita. A mostra irá retratar a trajetória de vida do artista, que nasceu na cidade do sudoeste baiano em 1943 e morreu no Rio de Janeiro em 2003.[Leia mais...]

[Museu de Jequié homenageia o poeta Waly Salomão]
Foto : Divulgação

Por Cristiele França no dia 01 de Setembro de 2017 ⋅ 07:52

O Museu Histórico de Jequié, a 365 km de Salvador, irá homenagear durante todo o mês de setembro, o poeta e letrista de músicas Waly Salomão, com exposição aberta e gratuita. A mostra irá retratar a trajetória de vida do artista, que nasceu na cidade do sudoeste baiano em 1943 e morreu no Rio de Janeiro em 2003.

Nesta sexta-feira (1), será realizado um show às 18h, na frente do museu, com apresentações de músicas do jequiense famoso, muitas gravadas por artistas como Gal Costa, Maria Bethânia, Caetano Veloso, Gilberto Gil, Lulu Santos, João Bosco, Zeca Baleiro e O Rappa.

O homenageado ganhou o Prêmio Jabuti (1997), considerado o mais importante da cena literária brasileira, com o livro Algaravias. Foi graduado em direito e teatro pela Universidade Federal da Bahia (Ufba) e participou do movimento Tropicalista na década de 1960.

Notícias relacionadas