Bahia

Partiu Estágio: mais de 2 mil estudantes são convocados em segundo edital

O governador Rui Costa, anunciou por meio de uma live no Facebook, nesta terça-feira (3), que a relação dos 2.897 estudantes aprovados no segundo edital do programa Partiu Estágio já pode ser acessado no site da Secretaria da Administração do Estado. Os universitários estão sendo informados da aprovação por meio do e-mail informado no ato de inscrição.[Leia mais...]

[Partiu Estágio: mais de 2 mil estudantes são convocados em segundo edital]
Foto : Divulgação

Por Paloma Morais no dia 03 de Outubro de 2017 ⋅ 17:11

O governador Rui Costa, anunciou por meio de uma live no Facebook, nesta terça-feira (3), que a relação dos 2.897 estudantes aprovados no segundo edital do programa Partiu Estágio já pode ser acessado no site da Secretaria da Administração do Estado. Os universitários estão sendo informados da aprovação por meio do e-mail informado no ato de inscrição.

O programa Partiu Estágio foi lançado em abril deste ano. \"É a oportunidade para o estudante aperfeiçoar o curso que está fazendo na universidade, além de ganhar uma bolsa para apoiar nos estudos\", afirmou Rui.

Conforme a convocação, os estudantes terão até dez dias úteis para se apresentarem no órgão ou entidade em que irão estagiar, munidos de documentos pessoais listados no edital. O prazo para comparecimento é iniciado no dia do recebimento do e-mail. Quem não comparecer dentro do prazo perderá a vaga.

O contrato dos jovens selecionados tem duração de um ano, sem prorrogação. A carga horária é de quatro horas diárias e 20 horas semanais. Durante a vigência do estágio, o estagiário terá direito a bolsa mensal, auxílio-transporte e recesso remunerado proporcional.


Confira a documentação exigida para o estudante começar a estagiar:

- Comprovante de residência
- Original e cópia da Carteira de Identidade
- Original e cópia do Cadastro de Pessoa Física (CPF)
- Original e cópia de carteira de identidade do representante legal ou do termo de guarda expedida por autoridade judicial, se for o caso
- Declaração da instituição de ensino informando o semestre letivo, o turno de estudo, o curso de formação e sua natureza presencial e a conclusão de, no mínimo, 50% do curso
- Comprovante de matrícula e frequência na instituição de ensino
- Declaração própria de que não exerce atividade remunerada em órgão público
- Original e cópia do título de eleitor, se for o caso
- Original e cópia do certificado de reservista, se for o caso
- Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS)
- Comprovação de inscrição no CadÚnico, se for o caso
- Histórico escolar do Ensino Médio
- Declaração da escola em que cursou o Ensino Médio, como bolsista integral, se for o caso
- E-mail convocatório emitido pelo sistema.

Notícias relacionadas