Bahia

Maurício Barbosa reclama de discursos políticos e cobra ações efetivas para Segurança

O secretário de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), Maurício Barbosa, esteve na Rádio Metrópole nesta quinta-feira (5) e conversou com José Eduardo sobre \"leis arcaicas\" que interferem no trabalho das polícias Civil e Militar. De acordo com o chefe da pasta, o Governo Federal precisa colocar a segurança como prioridade no país. [Leia mais...]

[Maurício Barbosa reclama de discursos políticos e cobra ações efetivas para Segurança]
Foto : Tácio Moreira/Metropress

Por Gabriel Nascimento e Matheus Morais no dia 05 de Outubro de 2017 ⋅ 09:27

O secretário de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), Maurício Barbosa, esteve na Rádio Metrópole nesta quinta-feira (5) e conversou com José Eduardo sobre \"leis arcaicas\" que interferem no trabalho das polícias Civil e Militar. De acordo com o chefe da pasta, o Governo Federal precisa colocar a segurança como prioridade no país. \"Muitas pessoas são postas em liberdade em pouco espaço de tempo. Não podemos acreditar que leis de décadas possam dar condições para a a gente trabalhar\", disse.

\"Quem mata um policial enfrenta um processo de oito, nove anos. Essas pessoas só param de cometer seus crimes quando são mortas. Esse é o retrato que estamos enfrentando\", acrescentou. Para o secretário, é necessário que os policiais tenham \"armas legais para que possam exercer suas atribuições\".

Ainda segundo Barbosa, os políticos têm falado muito, porém, contribuem pouco. \"Queremos que cada um assuma sua responsabilidade. Eu fico olhando entrevistas, políticos falando que a segurança pública é isso, é aquilo, e nós deveríamos estar unindo forças. Quem usa determinados argumentos deveria contribuir\", concluiu.

Notícias relacionadas

[Sapeaçu recebe duas novas viaturas policiais ]
Bahia

Sapeaçu recebe duas novas viaturas policiais

Por Metro1 no dia 22 de Agosto de 2019 ⋅ 21:24 em Bahia

Os novos veículos, entregues pela Secretaria de Segurança Pública, são do modelo S10 e vão atender a 27ª Companhia Independente da Polícia Militar