Bahia

Índios pedem demarcação de fazenda de ex-ministro Geddel, no sudoeste da Bahia

Após ocuparem durante 13 dias uma fazenda no município de Itapetinga, no sudoeste da Bahia, pertencente a família do ex-ministro Geddel Vieira Lima, representantes da tribo pataxó Hãe-Hãe-Hãe foram até à sede da Fundação Nacional do Índio (Funai), em Brasília, na última quarta-feira (17) para reclamarem sobre o direito ao local.[Leia mais...]

[Índios pedem demarcação de fazenda de ex-ministro Geddel, no sudoeste da Bahia]
Foto : Divulgação

Por Paloma Morais no dia 20 de Outubro de 2017 ⋅ 16:24

Após ocuparem durante 13 dias uma fazenda no município de Itapetinga, no sudoeste da Bahia, pertencente a família do ex-ministro Geddel Vieira Lima, representantes da tribo pataxó Hãe-Hãe-Hãe foram até à sede da Fundação Nacional do Índio (Funai), em Brasília, na última quarta-feira (17) para reclamarem sobre o direito ao local. De acordo com eles, a propriedade está dentro de uma área indígena e, por isso, pedem demarcação. Os índios só deixaram o local após determinação da Justiça na última terça-feira (10). 

A Funai, por sua vez, disse que não tinha no banco de dados nenhum registro sobre a propriedade e que fará um estudo da área. Além da Esmeralda, que é a fazenda requerida pelos índios, eles e integrantes de movimentos sem terra ocuparam outras fazendas na região, duas pertecententes ao ex-ministro, e já desocuparam todas. 

Geddel está preso no complexo da Papuda, em Brasília, desde 8 de setembro após a polícia ter encontrado malas e caixas com o montante de R$ 51 milhões em um imóvel que seria utilizado por ele.

Notícias relacionadas