Bahia

Secretário da Fazenda rebate Azi sobre empréstimo de R$ 600 mi: \"Governo não tem pendência com Banco do Brasil\"

O secretário estadual da Fazenda, Manoel Vitório, rebateu o deputado federal Paulo Azi (DEM) sobre o empréstimo de R$ 600 milhões do governo do presidente Michel Temer (PMDB) para o governo de Rui Costa (PT). [Leia mais...]

[Secretário da Fazenda rebate Azi sobre empréstimo de R$ 600 mi: \
Foto : Secom/ Governo da Bahia

Por Gabriel Nascimento e Matheus Morais no dia 25 de Outubro de 2017 ⋅ 10:33

O secretário estadual da Fazenda, Manoel Vitório, rebateu o deputado federal Paulo Azi (DEM) sobre o empréstimo de R$ 600 milhões do governo do presidente Michel Temer (PMDB) para o governo de Rui Costa (PT). Em entrevista à Rádio Metrópole, na manhã desta quarta-feira (25), Azi disse que o governo do estado teve dificuldades em apresentar projetos e cálculos acerca do empréstimo com o Banco do Brasil. \"Não existe pendência alguma. Não estamos pedindo favor. Nessa operação de crédito, o Banco do Brasil já fez até um desconto. Isso é de se estranhar\", declarou, também entrevista a Mário Kertész, na Metrópole, nesta quarta. 

\"As tentativas de atrapalhar [o governo] atrapalha a vida dos baianos, o bem estar dos baianos\", acrescentou. O secretário disse esperar uma resposta da população nas urnas em 2018. \"Quando os políticos dão um passo atrás, a minha esperança é que o povo saiba reagir a isso. A União autorizou, isso foi publicado no Diário Oficial, o contrato que o Banco do Brasil fez com a gente também foi publicado. Só nos resta a Justiça\", disse.

Notícias relacionadas