Bahia

MP-BA encontra ilegalidades em processo seletivo para 100 servidores no interior do estado

O órgão recomendou que a seleção fosse anulada

[MP-BA encontra ilegalidades em processo seletivo para 100 servidores no interior do estado]
Foto : Reprodução / MP-BA

Por Lara Ferreira no dia 26 de Setembro de 2018 ⋅ 15:01

O Ministério Público da Bahia encontrou ilegalidades no processo seletivo da Prefeitura de Itajuípe, no sul do estado, para contratação de mais de 100 servidores temporários. O órgão orientou que a seleção fosse cancelada.

Entre as ilegalidades encontradas estão parentesco entre os candidatos e avaliadores da seleção, o que viola o princípio constitucional da impessoalidade. Além disso, os critérios de análise curricular foram julgados como subjetivos e havia inadequação no tipo de processo para cargos com existência prevista.

De acordo com o G1, a prefeitura informou que já foi notificada da situação e que vai tentar se reunir com o MP-BA para discutir a situação e, após o encontro, deve decidir se a seleção vai ser anulada. Caso seja, deve ser feito um concurso público para preencher os cargos em um prazo máximo de 90 dias, ainda de acordo com informações do Ministério.  

Notícias relacionadas