Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Bahia

Perícia descarta incêndio criminoso na Assembleia Legislativa da Bahia

Investigações apontam que o incêndio foi ‘acidental’ e potencializado por materiais inflamáveis usados na reforma do terceiro andar do prédio

[Perícia descarta incêndio criminoso na Assembleia Legislativa da Bahia]
Foto : Reprodução/TV Bahia

Por Marina Hortélio no dia 31 de Outubro de 2018 ⋅ 18:20

O laudo divulgado pelo Departamento de Polícia Técnica da Bahia descartou a hipótese de que o incêndio no terceiro andar da Assembleia Legislativa da Bahia foi criminoso.

Concluídas três meses após o incidente, as investigações apontam que o incêndio, ocorrido no dia 28 de julho, foi ‘acidental’ e potencializado por materiais inflamáveis usados na reforma do terceiro andar do prédio, que ficou parcialmente destruído.

Em nota, a secretaria de Segurança Pública informou que as chamas foram causadas por um curto circuito. Agora, o inquérito segue para o Ministério Público Estadual.

Notícias relacionadas