Bahia

Superlotação em presídios baianos é a menor do Nordeste, diz estudo

Segundo levantamento do G1, índice é de 29,5%, bem menor que a média nacional, que chega a 70%

[Superlotação em presídios baianos é a menor do Nordeste, diz estudo]
Foto : Reprodução / Seap

Por Juliana Rodrigues no dia 26 de Abril de 2019 ⋅ 08:40

Os presídios do estado da Bahia estão 29,5% acima da capacidade total, de acordo com levantamento feito pelo G1 em todo o Brasil, a partir de dados oficiais. O índice coloca o estado como o terceiro menos superlotado do país e menos superlotado do Nordeste.

Somando todos os regimes de prisão, 15,6 mil pessoas estão encarceradas no sistema prisional, que dispõe de 12 mil vagas. Dos detentos, 7,8 mil são presos provisórios.

O índice de superlotação carcerária na Bahia é menos da metade da média nacional, que chega a 70%. Os dados deixam a Bahia atrás apenas de Santa Catarina (23,1%) e do Paraná, que tem o menor índice excedente do país: 15,4%.

Notícias relacionadas