Bahia

Mais de 80 bolsas em universidades federais na Bahia foram bloqueadas

As informações foram confirmadas ao Metro1 pelas assessorias de imprensa das universidades federais

[Mais de 80 bolsas em universidades federais na Bahia foram bloqueadas]
Foto : Dário Guimarães / Metropress

Por Juliana Almirante e Daniel Brito no dia 09 de Maio de 2019 ⋅ 15:55

O corte generalizado de bolsas de mestrado e doutorado oferecidas pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) atingiu diversas universidades federais baianas, segundo apurou o Metro1.

Na Universidade Federal da Bahia (Ufba), principal do Estado, de acordo com o pró-reitor de ensino de pós-graduação da instituição, Olival Freire, foram retiradas 72 bolsas de estudantes de mestrados e doutorado e 10 de pós-doutorado, o que corresponde a um percentual de 5% do total de 1.570 bolsas existentes.

Mesmo com um número aparentemente pequeno, a Ufba ressaltou que a quantidade cortada "não é um valor desprezível, pois os bolsistas são fundamentais para o andamento das pesquisas".

Os cortes também chegaram à Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), que sofreu interrupção no pagamento a sete bolsas, sendo quatro de mestrado, duas de doutorado e 1 de pós-doutorado.

Já nas outras duas universidades instaladas na Bahia, a Federal do Sul da Bahia (UFSB), cujos programas de pós-graduação têm oito bolsas (quatro de mestrado e quatro de doutorado), e na Federal do Oeste Baiano (UFOB), que tem 17 bolsas de mestrado, não houve cortes.

 

 

 

Notícias relacionadas