Bahia

Moradores de Salvador e Lauro reclamam da qualidade da água após ardor nos olhos

Embasa alegou que a composição da água bruta captada pela empresa nos mananciais de Salvador foi alterada com as chuvas

[Moradores de Salvador e Lauro reclamam da qualidade da água após ardor nos olhos]
Foto : Divulgação

Por Juliana Almirante no dia 16 de Maio de 2019 ⋅ 15:20

Moradores de sete bairros de Salvador e de duas localidades de Lauro de Freitas, na Região Metropolitana, relataram alteração na qualidade da água que recebem em casa. Eles contam que sentem cheiro forte de cloro, além de ardor e coceira no corpo, depois de tomar banho. 

A jovem Jéssica Jesus, de 27 anos, disse que passou a ferver a água para dar banho em suas filhas pequenas, de 3 e 7 anos. “Fui tomar banho na segunda-feira e senti meus olhos ardendo muito. Ardeu tanto que saiu lágrima. Como estou gestante de três meses, fiquei bem preocupada porque poderia ser algo prejudicial à minha saúde. Estou tendo que ferver a água para dar banho nas meninas para ver se o cheiro sai. Tá nítido que tem muito cloro na água”, afirmou ao Correio.

A Embasa alegou, em nota, que a composição da água bruta captada pela empresa nos mananciais de Salvador foi alterada com as chuvas. "Por isso, foi necessário realizar ajustes no processo de tratamento, que resultaram em alterações temporárias nas características da água distribuída em alguns pontos do sistema. Essas alterações não representam risco à saúde pública", declarou a empresa. 

Notícias relacionadas