Bahia

Professores ocupam Uefs após reitor não ter sido nomeado

Desde ontem, a Uefs está sem reitor e sem vice-reitora

[Professores ocupam Uefs após reitor não ter sido nomeado]
Foto : Ascom/ Adufs

Por Juliana Almirante no dia 17 de Maio de 2019 ⋅ 11:00

O comando de greve dos professores da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) ocupou ontem (16) o gabinete da reitoria da instituição.

A ação é um protesto contra a não nomeação de Evandro do Nascimento e Amali Mussi, eleitos para os cargos de reitor e vice-reitora, respectivamente, da instituição.

A posse de Evandro do Nascimento e Amali Mussi estava marcada para ontem (16). No entanto, a cerimônia não ocorreu porque a nomeação dos professores não foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE), o que deveria ocorrer até esta quinta (16). Desde ontem, a Uefs está sem reitor e sem vice-reitora.

Segundo comunicado da Associação de Docentes da universidade (Adufs),  o Conselho Superior da universidade (Consu) tem a decisão política de enviar ao governo estadual, após o processo eleitoral para a escolha do reitor e do vice, documento informando os nomes dos dois candidatos, um ao cargo de reitor e, o outro, ao cargo de vice, mais votados, para posterior nomeação.

No entanto, o governador Rui Costa teria exigido uma lista tríplice, que contém os nomes dos três candidatos mais votados para cada cargo.

Notícias relacionadas