Bahia

Processos éticos contra veterinários aumentam seis vezes em dez anos

Parte das denúncias tem relação com procedimentos mal-sucedidos em mutirões de castração

[Processos éticos contra veterinários aumentam seis vezes em dez anos]
Foto :Marcelo Camargo/Agência Brasil

Por Juliana Almirante no dia 28 de Maio de 2019 ⋅ 10:20

O número de processos éticos contra veterinários cresceram 500% no estado no período de dez anos. De acordo com o Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado da Bahia (CRMV-BA), que apura as denúncias contra os profissionais. 

Na última década, as queixas cresceram 500%. Em 2008, foram três denúncias recebidas pelo conselho. Ano passado, foram 18.

A maioria dos processos é na área de clínica de pequenos animais e tem relação com procedimentos mal-sucedidos em mutirões de castração.

Entre os 18 processos abertos no ano passado, 14 são contra profissionais que trabalham com animais domésticos. Dentre estes 14, sete são decorrentes de problemas com as castrações. 

Para o CRMV-BA, a maior parte das denúncias seria evitada se os profissionais cumprissem as exigências previstas na legislação e registrassem os projetos de castração no Conselho.

Notícias relacionadas