Bahia

Após cortes do governo, Ibametro recebe R$ 10 mi a menos do previsto no orçamento

Órgão recebeu apenas R$2 milhões dos R$12 milhões previsto em sua dotação orçamentária

[Após cortes do governo, Ibametro recebe R$ 10 mi a menos do previsto no orçamento]
Foto : Mateus Pereira/GOVBA

Por Kamille Martinho no dia 30 de Maio de 2019 ⋅ 16:40

Os cortes feitos pelo governo Bolsonaro atingiram o Instituto Baiano de Metrologia e Qualidade (Ibametro), que recebeu R$ 10 milhões a menos do que está previsto em sua dotação orçamentária.

Órgão arrecadador delegado do Inmetro na Bahia, o Ibametro recebeu apenas R$2 milhões dos R$12 milhões previstos para exercer suas funções, como trabalho de conscientização e fiscalização de posto de combustíveis e materiais têxteis e regulação de produtos que possuem pesos e medidas.

"Desta forma, o governo está dando salvo conduto a quem comete irregularidades quando não permite que a gente faça o nosso trabalho de fiscalizar", disse o diretor-geral do Ibametro, Randerson Leal.

O Senador, Angelo Coronel (PSD) reafirmou seu compromisso em cobrar a volta dos repasses do Palácio do Planalto. “É esse governo que quer que o Brasil ande? Só faz cortes. Chega de centralização, precisamos descentralizar”, protestou.

Notícias relacionadas