Bahia

Justiça proíbe ex-prefeito de Santaluz de entrar em prédios públicos da cidade

Ex-gestor é casado com atual prefeita da cidade, chegou a ser nomeado secretário e foi acusado de nepotismo

[Justiça proíbe ex-prefeito de Santaluz de entrar em prédios públicos da cidade]
Foto : Reprodução / Calila Notícias

Por Juliana Almirante no dia 12 de Junho de 2019 ⋅ 09:40

O ex-prefeito e ex-secretário municipal de Administração de Santaluz, Joselito Carneiro de Araújo Nunes, foi proibido pela Justiça de entrar nos prédios da administração municipal.

A decisão é do desembargador do Tribunal de Justiça da Bahia Mário Augusto Albiani Júnior, publicada no último dia 28 e divulgada ontem (11) pelo Ministério Público estadual (MP-BA), que pediu a proibição à Justiça.

Marido da atual prefeita da cidade, Quitéria Carneiro de Araújo, Joselito deve pagar multa diária de R$ 10 mil se descumprir a determinação judicial.
 
Ele foi acusado pelo MP-BA de nepotismo, em ação civil pública por improbidade administrativa, por ter sido nomeado pela mulher para ocupar o cargo de secretário de Administração sem comprovação de qualificação técnica. 

A nomeação de Joselito para o posto foi suspensa, mas, para o desembargador do TJ-BA, isso foi insuficiente para afastar prejuízo ao interesse público, já que a circulação do ex-prefeito nos meios políticos foi autorizada.

Segundo o magistrado, o MP evidenciou que Joselito foi condenado criminalmente, com decisão transitada em julgado, pela prática de crime previsto na lei 8.666/93, a chamada Lei das Licitações,   quando exercia o cargo de prefeito.

Notícias relacionadas