Bahia

Coronel João Sá: rompimento de barragem deixa 150 famílias desabrigadas

Prejuízo é estimado em R$ 100 milhões

[Coronel João Sá: rompimento de barragem deixa 150 famílias desabrigadas]
Foto : Reprodução

Por Catarina Lopes no dia 12 de Julho de 2019 ⋅ 10:20

Pelo menos 150 famílias ficaram desabrigadas em Coronel João Sá após o rompimento da Barragem Riacho Lagoa Grande, localizada no município vizinho de Pedro Alexandre. Além disso, o prejuízo estimado pela prefeitura é de R$ 10 milhões.

Não houve vítimas, mas o povoado de Quati, parte do município de Pedro Alexandre onde fica a barragem, também está com mais 50 famílias desabrigadas.“Graças a Deus, não morreu ninguém. Só uma senhora de 70 anos que ficou ilhada e quase morre afogada, mas conseguimos resgatá-la”, declarou o prefeito de Coronel João Sá, Carlos Sobral.

As famílias que tiveram que abandonar seus imóveis estão sendo levadas para o Colégio Municipal e para as escolas Maria Dalva, Ruy Barbosa, Juracy Magalhães e Paraíso Infantil.

Notícias relacionadas