Bahia

Estado lança edital de novo concurso para Polícia Militar e Bombeiro

Inscrições começam no dia 21 de outubro

[Estado lança edital de novo concurso para Polícia Militar e Bombeiro]
Foto : Divulgação/GovBa

Por Metro1 no dia 15 de Outubro de 2019 ⋅ 19:05

O Governo da Bahia publicará amanhã (16) o edital de abertura de inscrições para o novo concurso público na área de segurança do Estado. São 1250 vagas no total, sendo mil para soldado da Polícia Militar da Bahia e 250 para o Corpo de Bombeiros Militar da Bahia, com ingresso no ano que vem. Além disso, essa convocação também oferece mais 1250 vagas em 2021, totalizando 2,5 mil oportunidades.

As inscrições serão realizadas exclusivamente pela internet no site do Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC), disponível clicando aqui. O prazo começa a partir das 9h do dia 21 de outubro, seguindo até 23h59 do dia 19 de novembro. A taxa de inscrição será no valor de R$ 70 e deve ser paga por boleto bancário até o dia 20 de novembro.

Para concorrer ao cargo de soldado da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar é necessário certificado de conclusão do Ensino Médio ou formação técnica profissionalizante de nível médio em instituição reconhecida pelo Ministério da Educação. Quando aprovado, o candidato vira aluno soldado, recebendo bolsa no valor de um salário mínimo até que conclua o Curso de Formação de Soldado da Polícia Militar da Bahia e do Corpo de Bombeiros Militar da Bahia, com carga horária semanal de 40 horas.

O candidato deve possuir nacionalidade brasileira ou portuguesa, idade entre 18 e 30 anos completos, estatura mínima de 1,60 para homens e 1,55 para mulheres, e aptidão física e mental para desempenho das atribuições. Além disso, ele pode se autodeclarar negro ou pardo e optar pelas cotas, tendo sua autodeclaração referendada pela comissão de heteroidentificação, constituída pela IBFC.

Notícias relacionadas

[Prefeito de Morro do Chapéu é denunciado ao MPE]
Bahia

Prefeito de Morro do Chapéu é denunciado ao MPE

Por Kamille Martinho no dia 14 de Novembro de 2019 ⋅ 19:00 em Bahia

Leonardo Dourado Lima foi denunciado por irregularidades na contratação de empresa para fornecimento de medicamentos, nos exercícios de 2017 a 2019