Domingo, 20 de junho de 2021

Bahia

'Fábrica das fábricas', diz presidente da Fieb sobre novo complexo do Senai em Camaçari

Espaço será inaugurado na próxima segunda-feira (11), em Camaçari

'Fábrica das fábricas', diz presidente da Fieb sobre novo complexo do Senai em Camaçari

Foto: Tácio Moreira/Metropress

Por: Juliana Almirante no dia 04 de novembro de 2019 às 09:24

O presidente da Federação das Indústrias do Estado da Bahia (Fieb), Ricardo Alban, disse, em entrevista à Rádio Metrópole hoje (4), que o Complexo Senai Cimatec Park, em Camaçari, deve executar a fase pré-industrial de projetos. 

O espaço será inaugurado na próxima segunda-feira (11). O Cimatec Park deve ser uma continuidade do que já é feito no campus do Senai Cimatec na Avenida Orlando Gomes, em Salvador, onde estão integrados uma escola técnica, um centro tecnológico e uma faculdade. 

No espaço em Camaçari, de mais de 4 milhões de metros quadrados, empresas vão poder usar as instalações do local para desenvolver os projetos. Segundo Ricardo Alban, a iniciativa é "inédita" no país e rara em todo o mundo.

"O Cimatec park é continuidade disso (Cimatec em Salvador), porque temos lá toda parte de infrastrutura em termos de pesquisa aplicada em tecnologia, mas em uma fase ainda inicial. Usamos as faculdades que temos lá de oito cursos de engenharia e mais mestrandos e doutorandos, para fazer aquele networking todo que permite que as coisas aconteçam. O que estava faltando era passar para etapa seguinte", explica.

Ricardo Alban justifica que, após as pesquisas e testes de bancadas, até que a indústria efetivamente possa explorar a nova tecnologia, existe uma fase intermediária que são das plantas pilotos.

"Queremos que ele (Senai Cimatec Park) seja uma 'fábrica de fábricas'. Porque o estágio antes de você fazer um processo industrial produtivo, em escala industrial, você tem que ter a parte de plantas pilotos, que vamos fazer em dez galpões", diz. 

De acordo com o presidente da Fieb, o espaço onde o Cimatec Park é contruído ainda permite a possibilidade de expansão. 

"Estamos em negociação e já posso antecipar, no setor de petróleo e gás, no próximo ano, iniciamos (a expansão em) mais 3%, em uma área com o dobro do que se tem lá, com algo que já somos, de fato, somos a 2ª hub de petróleo e gás do Brasil", adiantou.

'Fábrica das fábricas', diz presidente da Fieb sobre novo complexo do Senai em Camaçari - Metro 1