Bahia

Casa Nova: Após matéria, prefeitura diz que perícia atestou valor de R$ 1,5 mi para imóvel

Deputado e prefeito são suspeitos de usar mulher como “laranja” na compra de um terreno público

[Casa Nova: Após matéria, prefeitura diz que perícia atestou valor de R$ 1,5 mi para imóvel]
Foto : Reprodução / Google Street View

Por Alexandre Galvão e Adelia Felix no dia 07 de Novembro de 2019 ⋅ 20:00

Após o Metro1 publicar que o prefeito de Casa Nova, no Vale São-Franciscano da Bahia, Wilker Torres (PSB), e o irmão dele, deputado estadual Tum (PSC), são suspeitos de usar uma mulher como “laranja” na compra de um terreno público localizado na região central do município, o Executivo Municipal, por meio da assessoria do parlamentar, enviou um laudo de avaliação do imóvel.

A avaliação técnica, solicitada pela prefeitura, apontou que o valor mercadológico máximo admissível foi R$ 1,4 milhão e o mínimo R$ 1,3 milhão. Segundo o documento, o critério geral empregado foi o de avaliar o imóvel, supondo-se que continuará sendo empregado para o mesmo fim e no mesmo estado de conservação em que se encontram atualmente. Além disso, é destacado que todas as análises são baseadas em informações atuais com relação à oferta e demanda. Clique aqui e veja a íntegra do documento.

 

Notícias relacionadas