Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Bahia

PF cumpre mandados de reintegração de posse no norte do estado; MST relata violência

Ação deflagrada hoje em Juazeiro e Casa Nova busca a desocupação de uma área da Codevasf e afeta aproximadamente 700 famílias

[PF cumpre mandados de reintegração de posse no norte do estado; MST relata violência]
Foto : Divulgação / MST

Por Juliana Almirante e Juliana Rodrigues no dia 25 de Novembro de 2019 ⋅ 08:43

Uma ação de reintegração de posse foi deflagrada hoje (25) pela Polícia Federal nos municípios de Juazeiro e Casa Nova, no norte do estado, em favor da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf). O objetivo é a desocupação de uma área de aproximadamente 1727 hectares, ocupada por integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), que pertence ao projeto de irrigação Salitre. Aproximadamente 700 famílias são afetadas pela medida, segundo o movimento.

A PF afirma que a ação se deu de forma pacífica, sem confronto com integrantes da ocupação, e que a Codevasf disponibilizou veículos para transportar os moradores e seus bens. Já o MST alega que houve violência e trabalhadores foram baleados, além de relatarem uso de bombas de gás lacrimogêneo.

O MST diz que os integrantes estavam acampados no local desde 2007, mediante acordo entre o Governo Federal, o Governo do Estado, o Incra, a Ouvidoria Agrária, a Codevasf e o Ministério Público. Já de acordo com a PF, a ocupação da área aconteceu em 2012, e que a Codevasf entrou com uma ação de reintegração de posse no mesmo ano, com sentença expedida pela Justiça Federal em 2019. A operação tem apoio de diversos órgãos de segurança pública e do Poder Judiciário Federal.

Foto: Ascom / PF

Foto: Divulgação / MST

Notícias relacionadas