Sábado, 27 de novembro de 2021

Bahia

Operação Xavier: Justiça determina afastamento de Lukas Paiva da Câmara

Segundo o juiz, “houve tentativa concreta de perturbação da colheita de provas e intimidação de testemunhas, inclusive com ameaças de morte”

Operação Xavier: Justiça determina afastamento de Lukas Paiva da Câmara

Foto: Divulgação

Por: Adelia Felix no dia 26 de novembro de 2019 às 16:18

A Justiça determinou o afastamento do vereador Lukas Paiva (PSB) da Câmara Municipal de Ilhéus, no Sul da Bahia, nesta segunda-feira (25). A decisão é do juiz Alex Venícius Campos Miranda, da 1ª Vara da Fazenda Pública da Comarca de Ilhéus, que atende pedido feito pelo Ministério Público do Estado, por meio da 8ª Promotoria de Justiça. 

Segundo o juiz, “houve tentativa concreta de perturbação da colheita de provas e intimidação de testemunhas, inclusive com ameaças de morte”. O magistrado argumentou que “as provas são clarividentes no sentido do mesmo em procurar dificultar o trabalho investigativo realizado pelo Ministério Público. Pense que alguém que teve prisão preventiva decretada, foi afastado do cargo, consegue reverter a prisão, consegue retornar ao cargo, não aproveita a oportunidade e volta a praticar condutas que já seriam censuráveis partindo de quem não estivesse sob liberdade provisória, imagine alguém nesta situação”. Seis episódios foram enumerados pelo MP, mas a Justiça aceitou quatro.

O juiz afirma ainda que Lukas ofereceu “cargos fantasmas ao agente que também responde o processo, no sentido de demovê-lo da condição de selar um acordo com o Ministério Público, assediar estagiário, assediar os pais do investigado-colaborador não são apenas indícios de quem quer atrapalhar as investigações. São provas veementes desse comportamento”.

O parlamentar deve se afastar das atividades por 180 dias e o salário também deve ser suspenso. Lukas também deve se abster de frequentar a Câmara de Ilhéus, nem manter qualquer tipo de contato com os servidores da Casa.

Operação Xavier: Justiça determina afastamento de Lukas Paiva da Câmara - Metro 1