Terça-feira, 07 de dezembro de 2021

Bahia

A cada mil bebês nascidos vivos na Bahia, 16 morrem antes de completar 1 ano, diz IBGE

Taxa de mortalidade infantil em 2018 se manteve superior à média nacional, mas mostra tendência de redução

A cada mil bebês nascidos vivos na Bahia, 16 morrem antes de completar 1 ano, diz IBGE

Foto: EBC

Por: Juliana Rodrigues no dia 28 de novembro de 2019 às 12:00

Em 2018, a cada mil crianças nascidas vivas na Bahia, 16 morreriam antes de completar um ano de idade, segundo dados divulgados hoje (28) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A taxa de mortalidade infantil no estado se manteve, no período, superior à do Brasil, onde 12,4 a cada mil bebês morrem antes de fazer um ano. No entanto, o indicador mostra uma tendência progressiva de redução, caindo de 8º para 9º lugar entre os estados.

Em 2018, a menor taxa de mortalidade infantil continuou sendo a do Espírito Santo (8,3 mortes para cada mil nascidos vivos), e a maior, do Amapá (22,8 por mil).

A cada mil bebês nascidos vivos na Bahia, 16 morrem antes de completar 1 ano, diz IBGE - Metro 1