Bahia

Governo da Bahia acionou embaixada brasileira em Washington após compra de respiradores ser cancelada

A aquisição havia sido cancelada pela empresa chinesa que produz o equipamento

[Governo da Bahia acionou embaixada brasileira em Washington após compra de respiradores ser cancelada]
Foto : Camila Souza/GOVBA

Por João Brandão no dia 10 de Abril de 2020 ⋅ 09:00

O governo da Bahia resolveu acionar a embaixa brasileira em Washington após a compra de 600 respiradores artificiais pelo Consórcio Nordeste ser cancelada. A informação foi passada pelo indicado à embaixada brasileira em Washington, Nestor Forster, ao jornal Folha de S. Paulo.

A aquisição havia sido cancelada pela empresa chinesa que produz o equipamento. O material seria distribuído entre a Bahia, que receberia 400 unidades, e o Ceará, que ficaria com os outros 200. O valor do contrato era de R$ 42 milhões.

De acordo com Forster, após apuração do corpo diplomático, foi atestado que não havia confisco por parte dos EUA.

Notícias relacionadas

[Incêndio atinge garagem de ônibus em Alagoinhas]
Bahia

Incêndio atinge garagem de ônibus em Alagoinhas

Por João Brandão no dia 24 de Maio de 2020 ⋅ 18:30 em Bahia

Quatros veículos foram queimados e não houve vítimas. Dez bombeiros atuaram no combate e foram utilizados cerca de 7 mil litros de água

[Rui Costa sanciona lei que antecipa feriados na Bahia]
BahiaCORONAVÍRUS

Rui Costa sanciona lei que antecipa feriados na Bahia

Por Metro1 no dia 23 de Maio de 2020 ⋅ 12:47 em Bahia

Governador também determinou suspensão de serviços não essenciais nos dias 28 e 29/05 (quinta e sexta da próxima semana) em mais nove cidades além de Salvador