Bahia

Rui refuta atraso de pagamento de salários a servidores públicos 

Rui falou ainda do combate à doença no interior e afirmou que hoje duas cidades preocupam pelo nível de contágio: Teixeira de Freitas e Gandu

[Rui refuta atraso de pagamento de salários a servidores públicos ]
Foto : Camila Souza/GOVBA

Por Alexandre Galvão no dia 15 de Junho de 2020 ⋅ 14:28

O governador Rui Costa (PT) afirmou hoje (15) que o Estado não trabalha com a possibilidade de atrasar o pagamento de salário dos servidores públicos, mesmo em meio à queda brusca de arrecadação causada pela pandemia do coronavírus. 

“Não estamos trabalhando com essa possibilidade. Vamos manter o nível de investimento, isso gera emprego. Estamos ajustando, reduzindo custeio e organizando as finanças. Todo cuidado é pouco, temos que redobrar a atenção, olhar dez vezes as compras”, indicou, em entrevista à Record Bahia. 

Rui falou ainda do combate à doença no interior e afirmou que hoje duas cidades preocupam pelo nível de contágio: Teixeira de Freitas e Gandu. Rui criticou, sem citar nomes, o prefeito de Feira de Santana, que reabriu o comércio e viu o número de casos ter crescimento substancial. 

“Infelizmente, essa doença se comporta assim. O contágio se dá de uma pessoa para outra. Quanto menor o contato, melhor. Por isso que quando você aglomera, aumenta o percentual de contágio. O Brasil vai pagar um preço alto por não ter tomado e remédio amargo de uma vez só. O Brasil quis tratar como homeopatia. Infelizmente vamos ter que conviver com a doença por muitos meses. Ficando para Estados e Municípios a tarefa de conter. Vamos ficar nesse abre e fecha por alguns meses”, projetou.

Notícias relacionadas