Bahia

Eleições: MPBA ajuíza ação que proíbe novos eventos que gerem aglomerações em Cipó

Foi solicitado que a Justiça determine aos candidatos que não realizem eventos presenciais como comícios, passeatas e caminhadas

[Eleições: MPBA ajuíza ação que proíbe novos eventos que gerem aglomerações em Cipó]
Foto : Reprodução / MP-BA

Por Luciana Freire no dia 22 de Outubro de 2020 ⋅ 17:30

O Ministério Público eleitoral ajuizou ontem (21) ação inibitória, com pedido de liminar, para impedir que partidos e coligações partidárias do município de Cipó, na Bahia, voltem a realizar eventos sem respeitar as normas sanitárias que devem ser observadas e respeitadas durante a campanha eleitoral.

Foi solicitado que a Justiça determine aos candidatos que não realizem eventos presenciais como comícios, passeatas e caminhadas; carretas acompanhadas por pessoas a pé; distribuição de panfletos, folhetos, adesivos, entre outros impressos, durante as carreatas e não desfilem em veículo aberto, acompanhados de mais de três pessoas.

A ação foi baseada em vídeos dos eventos já realizados e ajuizada pelo promotor de Justiça Fábio Brito Miranda.

 

Leia mais:

Justiça Eleitoral proíbe eventos que gerem aglomerações em 4 cidades do sul da Bahia

Notícias relacionadas