Quinta-feira, 23 de setembro de 2021

Brasil

Governo autoriza compra de 33 milhões de vacinas por empresas

A AstraZeneca, porém, afirmou que não tem disponibilidade, por enquanto, para vender doses ao setor privado

Governo autoriza compra de 33 milhões de vacinas por empresas

Foto: Rafael Henrique/SOPA Images/LightRocket/Getty Images

Por: Adele Robichez no dia 26 de janeiro de 2021 às 12:32

O presidente da República Jair Bolsonaro (sem partido) informou hoje (26) que o governo federal autorizou a compra de 33 milhões de doses da vacina de Oxford/AstraZeneca por empresas privadas brasileiras. O acordo feito garante que a metade dos imunizantes sejam doados ao Sistema Único de Saúde (SUS).

Empresários pediram ao Ministério da Saúde o apoio do governo para a aquisição dos imunizantes para eles e as suas famílias, com a justificativa da garantia da continuação do funcionamento da economia do país.

"Semana passada nós fomos procurados por um representante de empresários e nós assinamos carta de intenções favorável a isso, para que 33 milhões de doses da Oxford viessem do Reino Unido para o Brasil, a custo zero para o governo", disse Bolsonaro em  uma live do banco Credit Suisse.

"Metade dessas doses, 16,5 milhões, entrariam aqui para o SUS e estariam, então, no programa nacional de imunização, seguindo aqueles critérios. As outras 16,5 milhões ficariam com esses empresários para que fossem vacinados, então, os seus empregados, para que a economia não parasse", explicou.

A farmacêutica responsável pela produção da vacina, a AstraZeneca, porém, afirmou que não tem disponibilidade, por enquanto, para vender doses ao setor privado. "No momento, todas as doses da vacina estão disponíveis por meio de acordos firmados com governos e organizações multilaterais ao redor do mundo, incluindo da Covax Facility [da OMS], não sendo possível disponibilizar vacinas para o mercado privado", comunicou.

Governo autoriza compra de 33 milhões de vacinas por empresas - Metro 1