Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Brasil

DF: militares da ativa do Exército são presos por fraudar registro de armas

Ao todo, estão sendo cumpridos 26 mandados de busca e apreensão e prisões

[DF: militares da ativa do Exército são presos por fraudar registro de armas]
Foto : Divulgação/PCDF

Por Kamille Martinho no dia 26 de Janeiro de 2021 ⋅ 13:00

Pelo menos nove integrantes de uma quadrilha formada por militares da ativa foram presos hoje (26) pela Polícia Civil do Distrito Federal e o Exército Brasileiro durante a Operação Cricket. Os indivíduos são acusados de fraudar o Certificado de Registro de Arma de Fogo a Caçadores - Cacs, a fim de facilitar a aquisição de armamento para beneficiados pelo esquema.

Segundo o Correio Braziliense, estão sendo cumpridos, ao todo, 26 mandados de busca e apreensão e prisões nas regiões administrativas de Samambaia, Ceilândia, Riacho Fundo, Planaltina, Estrutural, Núcleo Bandeirantes e Gama, no Distrito Federal, e em Luziânia, em Goiás. 

O esquema consistia na inclusão de informações falsas no sistema de registro de armas, dando o aval para pessoas, que não teriam direito a possuir o equipamento, portarem armas e munições.

Durante a operação, foram apreendidas diversas armas com elevado poder de fogo, como fuzis e pistolas de grosso calibre. 

Notícias relacionadas