Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Brasil

Planos de saúde sobem quase 50%; entidades vêem aumento abusivo e vão à Justiça

Dados consolidados pelo Procon-SP apontam que há casos em que o aumento chegou a 113%

[Planos de saúde sobem quase 50%; entidades vêem aumento abusivo e vão à Justiça]
Foto : Arquivo/Agência Brasil

Por Luciana Freire no dia 03 de Fevereiro de 2021 ⋅ 19:30

Em meio a pandemia de Covid-19, com o sistema público de saúde sobrecarregado, os planos de saúde sofreram reajustes retroativos neste inicio de 2021, elevando o valor das mensalidades.

A alta nos preços, considerando apenas os dados oficiais, chega a quase 50%, conforme aponta um levantamento divulgado hoje (3) pelo Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec). Mas, na prática, o aumento pode ser maior. Dados consolidados pelo Procon-SP apontam que há casos em que o aumento chegou a 113%.

O Idec recorreu diretamente à Justiça, enviando, em 18 de dezembro, um pedido de urgência à Justiça Federal para barrar a cobrança retroativa do reajuste suspenso em 2020. O pedido foi analisado por juízes do plantão judiciário, devido ao recesso judiciário, e negado em primeira e segunda instância. Terminado o recesso, também foi indeferido pelo tribunal de primeira instância que cuida do processo. O Idec afirmou que, mais uma vez, irá recorrer da decisão.

Notícias relacionadas