Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Brasil

Após assinatura de acordo, atingidos pela tragédia de Brumadinho protestam

Atingidos pela tragédia alegam que não foram chamados a participar das negociações

[Após assinatura de acordo, atingidos pela tragédia de Brumadinho protestam ]
Foto : Isac Nóbrega/PR

Por Gabriel Amorim no dia 04 de Fevereiro de 2021 ⋅ 15:43

Depois que o governo de Minas Gerais e a Vale do Rio Doce assinaram acordo para reparar tragédia de Brumadinho, atingidos pela tragédia fizeram protesto na manhã de hoje (4). Com faixas e cartazes, o protesto aconteceu na porta do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), na Avenida Afonso Pena, bairro Serra, Região Centro-Sul de Belo Horizonte.

A alegação é de que as negociações para o acordo, que duraram quatro meses, teriam acontecido sem a participação dos atingidos, o que beneficiaria a mineradora. Segundo os representantes do Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB), o valor pedido em ações judiciais movidas contra a mineradora é de R$ 54 bilhões. O acordo, então, representa uma economia de R$ 17 bilhões para a Vale.

Notícias relacionadas