Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Brasil

Campanha da Fraternidade 2021 faz críticas ao governo e à violência contra minorias

Iniciativa será lançada amanhã (17), quarta-feira de cinzas, com o tema 'Fraternidade e Diálogo: compromisso de amor'

[Campanha da Fraternidade 2021 faz críticas ao governo e à violência contra minorias]
Foto : Paulo Pinto/FotosPublicas

Por Adele Robichez no dia 16 de Fevereiro de 2021 ⋅ 13:40

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) lançará amanhã (17), quarta-feira de cinzas, a Campanha da Fraternidade (CFE) de 2021, com o tema "Fraternidade e Diálogo: compromisso de amor". A instituição trará assuntos relacionados à pandemia do coronavírus e à violência contra minorias sociais.

No texto que detalha a iniciativa, são feitas críticas aos negacionistas que desprezam a ciência; à atuação do governo federal no combate à Covid-19; às igrejas que não respeitaram o isolamento social; a "cultura de violência" contra mulheres, negros, indígenas e LGBTQIA+s.

A campanha é tradicionalmente realizada pela Igreja Católica em parceria com instituições cristãs desde 1960. A confederação representa os bispos do Brasil. A adesão não é obrigatória.

“A CFE 2021 quer convidar os cristãos e pessoas de boa vontade a pensarem, avaliarem e identificarem caminhos para a superação das polarizações e das violências que marcam o mundo atual”, afirmou a CNBB em nota.

Notícias relacionadas