Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Brasil

OAB adia Exame de Ordem após aumento de casos de Covid-19

Decisão foi tomada a fim de garantir a segurança sanitária de todos os examinandos e profissionais, segundo o presidente da entidade, Felipe Santa Cruz

[OAB adia Exame de Ordem após aumento de casos de Covid-19]
Foto : Fernando Frazão/Agência Brasil

Por Juliana Rodrigues no dia 27 de Fevereiro de 2021 ⋅ 18:00

Após o aumento no número de casos de Covid-19, a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) suspendeu a aplicação da primeira fase do Exame de Ordem, que seria realizada no próximo domingo (7). O comunicado foi publicado na manhã de hoje (27). Segundo a entidade, não há previsão de nova data.

A decisão foi tomada após estudo realizado pela Fundação Getulio Vargas (FGV), que analisou a viabilidade da prova devido ao agravamento do Covid-19 em todas as regiões brasileiras. A diretoria da OAB alega que o cancelamento da prova tem o objetivo de garantir a segurança sanitária de todos os examinandos e profissionais envolvidos com a prova.

Por meio do Twitter, o presidente nacional da OAB, Felipe Santa Cruz, lamentou a decisão, embora considere que ela foi necessária.

“Após a publicação do decreto fechando Brasília. A diretoria da OAB decidiu voltar ao regime de trabalho telepresencial, cancelar a sessão hibrida do Conselho, será mantida em meio virtual, e adiar o XXXII Exame de Ordem. Lamentamos, mas é o que a responsabilidade nos impõe”, diz o presidente da OAB.

Notícias relacionadas