Sábado, 04 de dezembro de 2021

Brasil

Força Nacional de Segurança vai integrar força-tarefa para prender Lázaro Barbosa

O secretário de segurança de Goiás anunciou que 20 homens chegam nesta quinta-feira para reforçar as buscas

Força Nacional de Segurança vai integrar força-tarefa para prender Lázaro Barbosa

Foto: Divulgação SSP Goiás

Por: Rodrigo Meneses no dia 17 de junho de 2021 às 17:16

Convocada para conter atos que atentam contra a lei e a ordem e que perigam sair do controle das forças de segurança locais, a Força Nacional de Segurança Pública (FNSP) passa a integrar a força-tarefa que busca há nove dias o ‘maníaco’ Lázaro Barbosa Sousa, 32 anos, em Cocalzinho de Goiás. Lázaro está fugindo desde o dia 09 depois de matar quatro pessoas de uma mesma família em Ceilândia (DF).

O secretário de segurança de Goiás, Rodney Miranda, anunciou o reforço com 20 policiais da FNSP. Os militares devem chegar ainda nesta quinta-feira, ao posto de comando da operação, instalado no Distrito de Girassol. “O Ministro Anderson Torres me ligou ontem oferecendo 20 policiais da Força Nacional, que estão chegando para ajudar. Estamos robustecendo cada vez mais a nossa ação. Logicamente que toda ajuda profissional é bem vinda”, disse.

Mais de 200 policiais estão envolvidos, 24 horas por dia, na operação comandada pela Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP-GO). Também participam equipes do DF e das policiais Rodoviária Federal e Federal. 

Drones - O titular da Segurança Pública de Goiás destacou o importante papel da tecnologia, que tem sido aliada das forças policiais durante as buscas. “Nós estamos utilizando os drones para tentar visualizar algum movimento dele. A gente tem informação que ele se movimenta à noite. Então esses drones podem captar em algum ponto aberto dessa mata, que é muito difícil de visualizar, até de helicóptero”, afirmou.

Força Nacional de Segurança vai integrar força-tarefa para prender Lázaro Barbosa - Metro 1