Quinta-feira, 23 de setembro de 2021

Brasil

CoronaVac tem eficácia de 71% contra morte de idosos, mostra novo estudo

Conclusão foi apontada por pesquisadores da USP e da Fiocruz

CoronaVac tem eficácia de 71% contra morte de idosos, mostra novo estudo

Foto: Betto Jr./Secom

Por: Metro1 no dia 31 de julho de 2021 às 10:43

A CoronaVac garante uma eficácia de 71,4% para evitar mortes entre a população com média de idade de 76 anos.  A conclusão é de um estudo liderado por pesquisadores da USP, Fiocruz e que teve acompanhamento de membros da Organização Pan-Americana de Saúde, de universidades e institutos da Europa e dos Estados Unidos. As informações são do colunista Jamil Chade, do portal UOL.

Segundo a publicação, o estudo foi citado nesta semana como referência num levantamento global publicado pela OMS (Organização Mundial da Saúde). Nele, constata-se de forma positiva que a vacina está relacionada com a redução de casos sintomático de covid-19, queda de hospitalização e redução de óbitos de pessoas acima de 70 anos de idade em locais onde há transmissão extensa da variante Gamma —que foi detectada inicialmente em Manaus. Para os pesquisadores, existe uma "proteção significativa".

No geral, a CoronaVac apresentou 41,6% em eficácia contra covid-19 sintomática após 14 dias da segunda dose com uma população com idade média de 76 anos.

Para essa mesma população, a eficácia em evitar a morte atingiu 71,4% e 59% contra contra hospitalização.

A OMS divulga mapeamento dos estudos com imunizantes todos os meses —a última edição, de julho, foi a mais completa, com 90 pesquisas.

Após seis meses do início das campanhas de vacinação pelo mundo, a OMS reafirma que os imunizantes funcionam e que serão fundamentais para controlar a doença. Mas alerta que a desigualdade em relação à distribuição de vacinas é ainda profunda, deixando bilhões de pessoas sem proteção.
 

CoronaVac tem eficácia de 71% contra morte de idosos, mostra novo estudo - Metro 1