Brasil

Obrigatoriedade para uso do extintor ABC é adiada novamente

O Ministério das Cidades informou nesta segunda-feira (15) que o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) alterou, pela terceira vez, o prazo para a obrigatoriedade de uso do extintor do tipo ABC nos automóveis. [Leia mais...]

[Obrigatoriedade para uso do extintor ABC é adiada novamente ]
Foto : Reprodução/Zoom.net

Por Paloma Andrade no dia 15 de Junho de 2015 ⋅ 16:50

O Ministério das Cidades informou nesta segunda-feira (15) que o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) alterou, pela terceira vez, o prazo para a obrigatoriedade de uso do extintor do tipo ABC nos automóveis.

Marcada anteriormente para 1º de julho, a nova data para que a exigência comece a valer será definida pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran). Quando a regra entrar em vigor, o motorista que circular sem o equipamento terá de pagar multa no valor de R$ 127,69, além de ter 5 pontos na carteira de habilitação.

A obrigatoriedade valerá para automóveis de passeio, utilitários, caminhonetes, caminhões, tratores, micro-ônibus, ônibus, e triciclos automotores de cabine fechada.

Notícias relacionadas

[Inscrições para o Prouni se encerram hoje]
Brasil

Inscrições para o Prouni se encerram hoje

Por Juliana Rodrigues no dia 14 de Junho de 2019 ⋅ 14:20 em Brasil

Programa oferece cerca de 169 mil vagas, sendo 68 mil de bolsas de estudo integrais e 101,1 mil para bolsas parciais

[Morre, aos 76 anos, jornalista Clóvis Rossi ]
Brasil

Morre, aos 76 anos, jornalista Clóvis Rossi 

Por Alexandre Galvão no dia 14 de Junho de 2019 ⋅ 07:48 em Brasil

Nascido em 25 de janeiro de 1943 no bairro do Bexiga, em São Paulo, filho de seu Olavo, vendedor de máquinas pesadas, e dona Olga, artesã de grinaldas e buquês de flores,...

[Bolsonaro pede desculpas a Maria do Rosário]
Brasil

Bolsonaro pede desculpas a Maria do Rosário

Por Kamille Martinho no dia 13 de Junho de 2019 ⋅ 16:20 em Brasil

O pedido é o cumprimento de uma determinação judicial, após o presidente afirmar que a deputada "não merecia ser estuprada"