METROPOLE

Terça-feira, 11 de maio de 2021

Brasil

Piso salarial dos professores sobe 11,36% e passa a ser R$ 2.135

O índice representa um aumento real de 0,69%, considerando a inflação oficial de 10,67%. Nessa quinta-feira (14), o Ministério da Educação (MEC) recebeu dos estados e municípios pedido de adiamento do reajuste para agosto e que o índice fosse 7,41%. [Leia mais...]

Piso salarial dos professores sobe 11,36% e passa a ser R$ 2.135

Foto: Tácio Moreira / Metropress

Por: Camila Tíssia no dia 15 de janeiro de 2016 às 08:39

De acordo com anúncio feito pelo ministro da Educação, Aloizio Mercadante, o piso salarial dos professores terá reajuste de 11,36%. Com isso, o valor passa de R$ R$ 1.917,78, em 2015, para R$ 2.135,64, em 2016. O índice representa um aumento real de 0,69%, considerando a inflação oficial de 10,67%. Nessa quinta-feira (14), o Ministério da Educação (MEC) recebeu dos estados e municípios pedido de adiamento do reajuste para agosto e que o índice fosse 7,41%. 

Pela lei, o piso vale a partir de janeiro, mas o ministro destacou que isso pode ser negociado entre trabalhadores e governos, segundo publicação da Agência Brasil. 

Lei do Piso
O piso salarial dos docentes é reajustado anualmente, seguindo a Lei 11.738/2008, a Lei do Piso, que vincula o aumento à variação ocorrida no valor anual mínimo por aluno definido no Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).

O piso é pago a profissionais em início de carreira, com formação de nível médio e carga horária de 40 horas semanais. Pela lei, os demais níveis da carreira não recebem necessariamente o mesmo aumento. Isso é negociado em cada ente federativo. Em um contexto de crise, estados e municípios alegam dificuldade em pagar o valor definido pela lei.  

Histórico
Em 2009, quando a Lei do Piso entrou em vigor, o pagamento mínimo para professores passou de R$ 950 para R$ 1.024,67, em 2010, e chegou a R$ 1.187,14 em 2011. No ano seguinte, o piso passou a ser R$ 1.451. Em 2013, subiu para R$ 1.567 e, em 2014, foi reajustado para R$ 1.697. Em 2015, o valor era R$ R$ 1.917,78. Na série histórica, o maior reajuste do piso foi registrado em 2012, com 22,22%.

Apesar dos aumentos, atualmente, os professores recebem cerca de 60% do salário das demais carreiras com escolaridade equivalente. A melhora do salário dos professores faz parte do Plano Nacional de Educação (PNE), lei que prevê metas para a melhoria da educação até 2024. Até 2020, os docentes terão que ter rendimento equiparado ao dos demais profissionais com escolaridade equivalente.

TV METRO

Entrevistas

Paulo Coutinho

Em 11 de maio de 2021
ASSINE O CANALMETROPOLE NO YOUTUBE
Piso salarial dos professores sobe 11,36% e passa a ser R$ 2.135 - Metro 1