Terça-feira, 26 de outubro de 2021

Brasil

Ministério da Saúde desperdiçou vacinas, remédios e respiradores em 2020, aponta relatório

Técnicos estranharam que o sistema não tinha os comprovantes de entrega de quase 5 mil respiradores

Ministério da Saúde desperdiçou vacinas, remédios e respiradores em 2020, aponta relatório

Foto: Paula Fróes/GOVBA

Por: Metro1 no dia 26 de setembro de 2021 às 07:16


A gestão do Ministério da Saúde desperdiçou dinheiro público em 2020, segundo um relatório de auditoria elaborado pela Controladoria Geral da União (CGU). Foram incinerados ou extraviados vacinas, remédios e respiradores. A informação é do portal G1.

De acordo com o documento, R$ 21 milhões foram gastos com a destruição, por exemplo, de mais de 25 toneladas de vacina Pentavalente e quase quatro toneladas de vacina Tríplice. No total, em dez meses, foram jogadas no lixo quase 30 toneladas de medicamentos.

Os técnicos também registraram que milhões de doses de vacinas perderam o prazo de validade antes de serem usadas, principalmente contra a febre amarela e hepatite, além de medicamentos de alto custo.

A auditoria mostrou também que equipamentos decisivos na luta contra a Covid, como respiradores, sumiram.

Os técnicos estranharam que o sistema não tinha os comprovantes de entrega de quase 5 mil respiradores, o que obrigou a CGU a rastrear os equipamentos em estados e municípios. No fim, ninguém soube dizer onde foram parar 336 respiradores, que custaram mais de R$ 18 milhões.

Ministério da Saúde desperdiçou vacinas, remédios e respiradores em 2020, aponta relatório - Metro 1