Faça parte do canal da Metropole no WhatsApp >>

Domingo, 03 de março de 2024

Brasil

Governo federal proíbe o uso de armas de cano longo semiautomáticas por civis

Esse veto às armas longas semiautomáticas foi dado em uma portaria conjunta do Exército e da Polícia Federal (PF) publicada em novembro

Governo federal proíbe o uso de armas de cano longo semiautomáticas por civis

Foto: Divulgação

Por: Metro1 no dia 04 de dezembro de 2023 às 16:17

Atualizado: no dia 04 de dezembro de 2023 às 17:23

O governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) proibiu o acesso de civis a armas de cano longo semiautomáticas, como rifles e carabinas, após decreto da gestão petista deixar esse tipo de armamento em um limbo jurídico.

O veto às armas longas semiautomáticas foi dado em uma portaria conjunta do Exército e da Polícia Federal publicada em novembro, quatro meses após o decreto do presidente Lula que estabeleceu novas regras para a política armamentista do país.

O decreto proibia o uso por civis de armas longas semiautomáticas, como rifles e carabinas, cuja munição comum atingisse na saída do cano energia superior a 1.620 joules no tiro. Na prática, carabinas, rifles e espingardas que são de cano longo, semiautomáticos e menos potentes que essa classificação em joules continuaram sendo usadas por atiradores.

Para corrigir a situação, a portaria estabeleceu que todas as armas longas semiautomáticas serão de uso restrito, com autorização somente para uso das forças de seguranças e CACs (colecionadores, atiradores e caçadores) que atingirem o nível três, que permite participação em campeonatos nacionais e internacionais.