Brasil

Temer decreta luto oficial por morte de militar da Força Nacional baleado no Rio

Hélio Vieira Andrade - soldado da Força Nacional - morreu na noite desta quinta-feira (11), no Rio de Janeiro. O ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, confirmou a informação ao lamentar a morte do militar, através de uma rede social. Hélio foi vítima de ataque a um carro da corporação no complexo de favelas da Maré, na Zona Norte do Rio de Janeiro. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Vladimir Platonow/Agência Brasil

Por Camila Tíssia no dia 12 de Agosto de 2016 ⋅ 08:42

Hélio Vieira Andrade - soldado da Força Nacional - morreu na noite desta quinta-feira (11), no Rio de Janeiro. O ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, confirmou a informação ao lamentar a morte do militar, através de uma rede social. Hélio foi vítima de ataque a um carro da corporação no complexo de favelas da Maré, na Zona Norte do Rio de Janeiro. 

Baleado na cabeça, ele passou por cirurgia e ficou internado no Hospital Salgado Filho, onde não resistiu aos ferimentos. Natural do estado de Roraima, Hélio estava junto com mais dois colegas de farda, quando entrou por engano na comunidade e eles foram recebidos por homens armados. 

De acordo com Alexandre de Moraes, o presidente interino da República, Michel Temer, decretará luto oficial pela morte do soldado. “Quero expressar meus sentimentos aos familiares de Hélio Vieira, que sofreu um ataque covarde e, infelizmente, morreu hoje em decorrência dos ferimentos. Soldado Vieira é um verdadeiro herói do nosso país. Honra e dignidade aos nossos policiais”, escreveu.

Notícias relacionadas

[Presidente do PSL nega que irá deixar partido]
Brasil

Presidente do PSL nega que irá deixar partido

Por Kamille Martinho no dia 20 de Fevereiro de 2019 ⋅ 14:00 em Brasil

Bivar ainda defendeu o ministro do Turismo que também está envolvido em denúncias sobre supostas candidaturas laranjas