Brasil

Operação Greenfield: ex-presidente da OAS é preso novamente

O ex-presidente da empreiteira OAS Léo Pinheiro foi alvo de condução coercitiva nesta segunda-feira (5) na Operação Greenfield, da Polícia Federal. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Agência Câmara

Por Matheus Morais no dia 05 de Setembro de 2016 ⋅ 09:18

O ex-presidente da empreiteira OAS Léo Pinheiro foi alvo de condução coercitiva nesta segunda-feira (5) na Operação Greenfield, da Polícia Federal e preso novamete. Para o juiz federal Sérgio Moro, há provas de que o empresário agiu para obstruir as investigações. Léo Pinheiro será levado para a Superintendência da PF, em Curitiba.

 A operação investiga irregularidades nos principais fundos de pensão do país. Pinheiro já é investigado pela Lava Jato e cumpre prisão domiciliar. A operação também cumpriu mandado de busca e apreensão contra o ex-tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, que está preso.

A Polícia Federal cumpre 106 mandados de busca e apreensão, 34 mandados de condução coercitiva e 7 mandados de prisão temporária na Operação Greenfield. De acordo com a Polícia Federal, os alvos são 74 pessoas e 38 empresas ou entidades. Os mandados foram expedidos pela 10ª Vara Federal de Brasília.

Notícias relacionadas