Brasil

#Forapretos!": Gaby Amarantos é vítima de ataques racistas na net

A cantora Gaby Amarantos foi vítima de um comentário racista na tarde desta terça-feira (8). "Gaby nada contra você, mas você é moreninha e morena não merece estar no Brasil merece estar na África porque lá é lugar de pretos vc é neguinha e tem o cabelo cacheado #Forapretos!", escreveu uma seguidora em publicação no Instagram da cantora. A foto divulga uma das três capas da revista "Boa Forma" do mês de novembro, para a qual Gaby fotografou.

[Imagem not found]
Foto : Reprodução/ Instagram

Por Luiza Leão no dia 08 de Novembro de 2016 ⋅ 16:19

A cantora Gaby Amarantos foi vítima de um comentário racista na tarde desta terça-feira (8). "Gaby nada contra você, mas você é moreninha e morena não merece estar no Brasil merece estar na África porque lá é lugar de pretos vc é neguinha e tem o cabelo cacheado #Forapretos!", escreveu uma seguidora em publicação no Instagram da cantora. A foto divulga uma das três capas da revista "Boa Forma" do mês de novembro, para a qual Gaby fotografou.

Para defender a cantora, alguns seguidores deixaram comentários elogiosos e de incentivo. "Você é linda, e seu lugar é onde você quiser, pois você é capaz de brilhar onde estiver. Já o lugar de racistas é na prisão! #xôracismo#xôpreconceito", escreveu uma fã em apoio a Gaby. "Você é linda Gaby! Você é nossa, você nos representa. Vai lá e dá um show! Torço por você! Você é maravilhosa! Orgulho do paraense!", elogiou outra.

Além de Gaby Amarantos, a atriz Sophia Abrahão e a fitness Bella Falconi posaram para as capas da "Boa Forma", na edição deste mês. A revista chega às bancas na próxima sexta-feira (11). A publicação promove a campanha #EuAmoMinhaBoaForma, que visa incentivar "um verão sem padrão", com três capas e três corpos diferentes. 

Notícias relacionadas

[Alcolumbre consultará líderes sobre nova Constituinte]
Brasil

Alcolumbre consultará líderes sobre nova Constituinte

Por Kamille Martinho no dia 12 de Novembro de 2019 ⋅ 18:10 em Brasil

Para o presidente do Senado a proposta é uma das possibilidades para resolver a polêmica sobre a prisão imediata de condenados em segunda instância