Brasil

Moro marca depoimento de Lula em defesa de Cunha e notifica Michel Temer

O juiz federal Sérgio Moro marcou, nesta terça-feira (8), o depoimento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) como testemunha de defesa do ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha (PMDB-RJ) e mandou notificar o presidente Michel Temer (PMDB) sobre o seu depoimento. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Celso Junior / AE

Por Laura Lorenzo no dia 08 de Novembro de 2016 ⋅ 19:14

O juiz federal Sérgio Moro marcou, nesta terça-feira (8), o depoimento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) como testemunha de defesa do ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha (PMDB-RJ), e mandou notificar o presidente Michel Temer (PMDB) sobre o seu depoimento. 

Lula deve prestar o seu depoimento no dia 30 de novembro. O juiz Moro determinou que o ex-presidente será ouvido via videoconferência e, para isso, vai comparecer à Justiça Federal de São Bernardo do Campo, onde mora. Já Temer será notificado para decidir quando e como prestará o depoimento no processo.

O benefício de escolha da forma como o depoimento será prestado está previsto no artigo 221 do Código de Processo Penal e é válido para o presidente, vice-presidente, deputados federais e estaduais, senadores, ministros, e outras autoridades. 

Notícias relacionadas