Brasil

Aneel diz que valores pagos a mais por energia serão devolvidos na conta de luz

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) divulgou nesta terça-feira (14) que o dinheiro (R$ 1,8 bilhão) pago a mais pelos consumidores de energia em 2016 vai ser devolvido diretamente na conta de luz nos próximos meses. De acordo com o diretor-geral da agência, Romeu Rufino, a diretoria irá decidir no dia 28 de março o modo como será feita essa devolução. A previsão para que o dinheiro seja devolvido é entre abril e maio. [Leia mais...]

[Aneel diz que valores pagos a mais por energia serão devolvidos na conta de luz ]
Foto : Marcello Casal/Agência Brasil

Por Luiza Leão no dia 14 de Março de 2017 ⋅ 15:08

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) divulgou nesta terça-feira (14) que o dinheiro (R$ 1,8 bilhão) pago a mais pelos consumidores de energia em 2016 vai ser devolvido diretamente na conta de luz nos próximos meses.

De acordo com o diretor-geral da agência, Romeu Rufino, a diretoria irá decidir no dia 28 de março o modo como será feita essa devolução. A previsão para que o dinheiro seja devolvido é entre abril e maio.

"Todos os consumidores deixarão de pagar esse valor a partir da decisão que tomaremos no dia 28. E o valor que se pagou nesse período, da data do aniversário [tarifário da distribuidora] de 2016 até o dia 28 de março, será prontamente devolvido, não vai se esperar o período tarifário de 2017/2018 para devolver", disse Rufino.

A devolução vai acontecer devido ao custo da energia proveniente da termelétrica de Angra 3, que foi incluído nas tarifas do ano passado sem que a energia tivesse sido usada, uma vez que a usina não entrou em operação.

Na última semana, a Aneel havia dito que os consumidores seriam ressarcidos dos valores com reajustes menores nas tarifas deste ano, entretanto, nesta terça-feira, a agência anunciou que vai fazer a devolução diretamente na conta de luz.

Notícias relacionadas

[Casa Geyer deve ser reaberta em 2022]
Brasil

Casa Geyer deve ser reaberta em 2022

Por Metro1 no dia 21 de Agosto de 2019 ⋅ 11:00 em Brasil

Diretor do Museu Imperial de Petrópolis, para onde o imóvel foi doado, Manoel Vicente prevê abertura do imóvel para o Bicentenário da Independência