Brasil

PF cumpre mandado de condução coercitiva contra presidente da Alerj

A Polícia Federal cumpre nesta quarta-feira (29) um mandado de condução coercitiva contra o presidente da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), Jorge Picciani. Cinco mandados de prisão contra integrantes do Tribunal de Contas do Estado do Rio (TCE-RJ) também estão sendo cumpridos. [Leia mais...]

[PF cumpre mandado de condução coercitiva contra presidente da Alerj ]
Foto :Rafael Wallace / Divulgação

Por Matheus Morais no dia 29 de Março de 2017 ⋅ 08:07


A Polícia Federal cumpre nesta quarta-feira (29) um mandado de condução coercitiva contra o presidente da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), Jorge Picciani. Cinco mandados de prisão contra integrantes do Tribunal de Contas do Estado do Rio (TCE-RJ) também estão sendo cumpridos. São alvos de prisão preventiva os conselheiros Aloysio Neves (atual presidente); Domingos Brazão, José Gomes Graciosa, Marco Antônio Alencar e José Maurício Nolasco.

Os mandados de prisão são resultado das investigações da Operação Lava Jato. De acordo com a Polícia Federal, os agentes estão nas ruas para cumprir os mandados desde às 6h de hoje (29). A operação tem o nome de Quinto da Coroa, uma referência a um imposto cobrado por Portugal dos mineradores de ouro no período do Brasil colônia.

A operação tem como principal suporte, além da delação do ex-presidente do TCE Jonas Lopes de Carvalho Filho, a de e seu filho, o advogado Jonas Lopes de Carvalho Neto, homologadas recentemente pelo ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Félix Fischer, que autorizou os mandados de prisão e condução coercitiva.

Notícias relacionadas